segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Aeroporto Regional da Zona da Mata é inaugurado

Wellington Pedro/Imprensa MG

GOIANÁ (19/11/11) - O governador Antonio Anastasia inaugurou oficialmente neste sábado (19), o Aeroporto Presidente Itamar Augusto Cautieiro Franco, na Zona da Mata mineira. O funcionamento do aeroporto é um sonho antigo da população da região e vai ajudar a alavancar ainda mais o desenvolvimento de Minas Gerais. Localizado na divisa entre os municípios de Goianá e Rio Novo, a 30 quilômetros de Juiz de Fora, o novo aeroporto faz parte das ações do Governo de Minas para a adequação, ampliação e melhoria da malha aeroportuária do Estado. Durante seu discurso, o governador destacou o esforço do Estado para o funcionamento do empreendimento e a importância do aeroporto para o desenvolvimento regional em Minas Gerais.

“Alguns países se desenvolveram só por causa do aeroporto. Posso citar Cingapura e Dubai. São nações que avançaram muito pela presença portuária e aeroportuária. Minas Gerais, em razão na nossa história e geografia, não é banhado pelo mar. Por isso temos que investir em bons aeroportos, que tenham capacidade de exportação e importação de carga. E esse tem essa vocação. Já temos hoje uma política fiscal que é competitiva. A própria cidade de Juiz de Fora felizmente, nos últimos dois anos, tem recebido muitos investimentos e tenho certeza que estamos entrando agora em um círculo virtuoso de desenvolvimento. E esse aeroporto é uma âncora, uma das bases dessa infraestrutura”, afirmou Anastasia.

Foram investidos R$ 92,7 milhões na construção e implantação do aeroporto. O terminal, que tem a segunda maior pista para pouso de Minas Gerais, com 2.530 metros, já está operando com linha regular de vôos realizados pela empresa Azul Linhas Aéreas. “Um aeroporto é o portal de entrada de bons negócios, de novas empresas, de investimentos, de empregos, de prosperidade e de desenvolvimento. O aeroporto, na realidade, se torna cada dia mais importante porque liga Minas ao Brasil e a todo mundo”, ressaltou o governador.



O prefeito de Juiz de Fora, Custódio Mattos, destacou a qualidade e a capacidade do aeroporto que o governo do Estado entrega aos mineiros. “O êxito desse aeroporto pode ser medido de imediato: mais de 12 mil passageiros transportados em três meses iniciais, taxa de ocupação média de 80% nos vôos. E isso, para um aeroporto concebido principalmente para carga e logística. Ninguém tenha dúvida que esse aeroporto mudará a face econômica de nossa região. Não apenas pela sua importância própria, mas porque sua inauguração é parte de uma política regional do Governo de Minas”, afirmou.



Participaram do evento de inauguração do aeroporto, a filha de Itamar Franco, Fabiana Franco, representando os familiares e amigos do ex-presidente; os secretários de Estado de Transporte e Obras Públicas, Carlos Melles e de Defesa Social, Lafayette Andrada; o chefe do Gabinete Militar do Governador, coronel Luis Carlos Martins; o presidente da Cemig, Djalma Morais; o reitor da Universidade Federal de Juiz de Fora, Henrique Duque; os prefeitos de Goianá, Geraldo Coutinho, e de Rio Novo, Antônio de Moura, deputados federais e estaduais, além de cerca de 30 outros prefeitos da região.

Melhoria de acesso

Durante a cerimônia, o governador anunciou ainda que a rodovia MG-353, que liga o Aeroporto Regional Presidente Itamar Franco à BR-040, receberá melhorias do Governo de Minas, por meio do programa Caminhos de Minas. O programa é voltado para pavimentação das estradas que interligam os municípios mineiros. O trecho tem 25,2 km de extensão e deverá passar por intervenções de recuperação e pavimentação a partir do próximo ano. Já foi realizada licitação para elaboração do projeto, atualmente em andamento.

“Nós vamos licitar a obra da estrada, já recebemos a autorização para levantar os recursos, o projeto já foi feito, as questões ambientais já foram levantadas, então, agora, é preparar a licitação e, se Deus quiser, no ano que vem, começar a obra”, afirmou Anastasia.

Funcionamento

Desde agosto, o aeroporto regional está sob concessão da Multiterminais Alfandegados do Brasil, contratada para a realização dos serviços de apoio logístico, atração e distribuição de cargas, administração, conservação e operação. Por meio da empresa, foram realizadas obras de adequação civil e adquiridos equipamentos para o funcionamento do aeroporto. Além disso, já foram contratados e treinados 30 profissionais para atuar no local.

A Multiterminais atua há 20 anos na área de logística, sendo responsável pela administração do porto seco de Juiz de Fora. A empresa também é a principal operadora logística da Mercedes Benz na região. A homologação do aeroporto pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para vôos diurnos aconteceu em 2007. Em setembro deste ano, a Anac concedeu a homologação também para vôos noturnos por instrumento.

“Tão logo seja internacionalizado, o que com certeza ocorrerá brevemente, completaremos a multimodalidade da logística regional, que já conta com malha rodoviária e ferroviária. Com isso, Juiz de Fora e a região da Zona da Mata de Minas Gerais tornarão disponível a quem quiser aqui se instalar uma completa logística multimodal. A parceria neste aeroporto concretizada entre o Governo de Minas Gerais e a Multiterminais é exemplo de como o poder público e a iniciativa privada podem caminhar lado a lado, produzindo benefícios para a economia nacional e, particularmente, para as comunidades locais”, afirmou o presidente da Multiterminais, Ricardo Vegas.

Por meio do Programa Aeroportuário de Minas Gerais (Proaero) já foram investidos R$ 290 milhões na construção e/ou reforma de 23 aeroportos em Minas Gerais. São João Del Rei, Diamantina, Iturama, Ituiutaba, Manhuaçu, Poços de Caldas, Frutal, Guanhães, Araxá, Oliveira, Governador Valadares, Guaxupé, Curvelo, Ouro Fino, Divinópolis, Capelinha, Passos, Piumhi, Lavras, Cláudio, Ubá e Viçosa também foram beneficiadas com os recursos.