domingo, 29 de janeiro de 2012

Governo de MG paga amanhã, metade do prêmio de produtividade de 2010

Funcionários estaduais perguntam: Mas e o déficit zero Aécio?


Com atraso de quatro meses, o prêmio de produtividade devido aos funcionários públicos de Minas Gerais está sendo parcelado. Amanhã, 30 de janeiro, sai a primeira parcela, 50% sobre o valor integral que deveria ter sido pago em Setembro. O prêmio refere-se ao desempenho no ano de 2010.

O adicional é concedido ao funcionalismo através de um sistema meritocrático. Os órgãos se esforçam para cumprir metas e de acordo com uma fórmula de avaliação de desempenho, são contemplados com até 100% de um salário mensal. Este sistema funciona há 8 anos, no Estado de Minas Gerais.

Presume-se que o atraso deve-se às dificuldades financeiras encontradas pelo estado para saldar as contas anuais. Vale lembrar que Aécio Neves (PSDB), em 2004, anunciou um suposto déficit Zero do Estado, alegando ser fruto do “Choque de gestão” implementado por sua equipe. Ano passado, o Tribunal de Contas do Estado apresentou uma análise das contas de Minas e concluiu que a história não é bem assim.