segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

show do rapper Emicida promete agitar a cidade

 No dia 10/02, O Projeto Usina Cultural - Programação e Energisa - apresenta o show do rapper Emicida, no palco do Anfiteatro Ivan Müller Botelho.



Com seu estilo irreverente, sonoridade marcante e levadas irresistíveis, Emicida já vendeu mais de 30 mil cópias de singles e mixtapes, sem grande aparato de divulgação, contando somente com a força de seus versos, que falam da vida dura vida diária de quem não nasceu nos andares elevados da sociedade.
Vencedor do Prêmio Bravo! de Cultura, promovido pela conceituada revista cultural, Emicida foi indicado em 2009 e em 2011 para ao VMB-MTV, além de "Clipe do Ano", com "Então Toma", levou o prêmio de "Artista do Ano de 2011".


Sempre acompanhado pelo irmão Evandro Fiote, destila uma objetividade ousada, modulando na malandragem da interpretação os respiros e ataques que são marcas da sua música. Um registro altamente contemporâneo. Aliás, Emicida parece ser a melhor representação da necessidade do artista legítimo de resistir contra as alienações que rondam a cena musical urbana.
Sua reação na noite da premiação, "Estamos fazendo uma reforma agrária na música brasileira", pode ser compreendida como uma declaração de intenções. Emicida é desses artistas que acreditam na força transformadora da música. Motivos não lhe faltam.
Como se pode ver, se depender do Projeto Usina Cultural, fevereiro não será só de carnaval, mas também de carnaval.
O Projeto Usina Cultural tem patrocínio da Energisa, Lei Estadual de Incentivo à Cultura, apoio cultural da Fundação Cultural Ormeo Junqueira Botelho e produção de Fausto Menta.


Sobre o Rapper
Cria da zona Norte de São Paulo, Emicida surgiu no cenário rap em 2006, destacando-se desde cedo nos torneios de freestyle (rimas de improviso). Tido como um dos maiores nomes do freestyle nacional. o MC sentiu a necessidade de dar um passo maior em sua carreira, quando, em 2008, lançou o single “Triunfo”. De lá pra cá, o MC não parou.
Em 2009, lançou a mixtape “Pra Quem Já Mordeu um Cachorro Por Comida Até Que Eu Cheguei Longe”, a mixtape mais comentada e vendida do rap brasileiro. A partir daí, foi destaque nos principais jornais do Brasil e em programas de TV como Altas Horas e Programa do Jô. Em 2010, Emicida lançou a mixtape “Emicidio” e se solidificou ainda mais na cultura.
Com a carreira indo de vento em polpa, hoje o MC tem o mérito de ser um dos expoentes mais forte dentro do movimento hip hop e ter renovado o público, atraindo inclusive setores que nunca haviam se interessado pelo rap. Ganhou capa da revista TRIP e teve o clipe da faixa “Rua Augusta” em primeiro lugar no TOP 10 da MTV.
Mais não para por aí: turnê pelos Estados Unidos, onde Emicida se apresentou em um dos maiores festivais do mundo, o Coachella, gravação de um EP em Nova Iorque com os renomados produtores K Salaam & Beatnik, participação nos principais festivais Brasil afora, como o Lupaluna em Curitiba e o Urban Music Festival em SP, primeiro lugar no TOP 10 da MTV com o clipe de “Rua Augusta”... o bonde não para!
Em setembro do ano passado, no Rock In Rio, Emicida se apresentou ao lado de Martinho da Vila e Cidade Negra no Palco Sunset.


Ingressos
1 Pacote de Fraldas
(que serão doados a instituições filantrópicas de Cataguases).