sábado, 15 de agosto de 2015

Queremos escolas padrão FIFA. Quem lembra?


Aproximadamente doze meses atrás ecoava um grito no Brasil: queremos escolas padrão "FIFA". Também na Copa das Confederações gruniam a mesma coisa: quero hospitais padrão FIFA. Acontece que a FIFA, modelo de qualidade para aqueles protestantes está sob investigação internacional por... corrupção. 

Sumiram aqueles manifestantes da FIFA. Hoje eles querem a todo custo arrumar alguém para culpar pelos 500 anos de mazelas do Brasil. De certo não estamos numa marolinha, mas se a cada crise no Brasil um candidato derrotado quiser fazer estardalhaço e destituir um presidente sem embasamento legal, apoiado em factóides, a democracia Brasileira realmente estará em breve nos padrões FIFA.

Já havia me esquecido como era o Brasil nas décadas de 80 e 90: quintal dos EUA onde a cada crise um revertério político jogava nosso povo sofrido de um lado para o outro como uma marionete. Pelo menos naquela época tinha Miltom, Paralamas, Legião, Cazuza e uma turma que valia a pena ligar a TV.

Ingenuidade de quem pensa que a corrupção no Brasil foi inventada pelo PT e seus aliados. Ela existe neste país desde os tempos de Cabral.

O maior benefício que Dilma empresta ao Brasil é a liberdade da polícia Federal investigar tudo e a todos. Inclusive ela. Até o presente momento não existe uma única prova contra a Presidenta. Isso é importante ressaltar neste mar de desinformação amplificado pelos filósofos e cientistas políticos do Facebook.

Hoje todos são investigados: Inclusive o próprio PT, que está no poder. Bem destacada a palavra "está" pois caso você discorde da minha opinião poderá retirar o PT e todos os seus deputados nas próximas eleições. Isso é democracia.

Democracia é algo que não precisa de padrão. É ou não é. Simples assim.